Dicas para desenvolver sua criatividade no trabalho

Categoria: Dicas, Profissionais, Trabalho

  

Em alguns momentos a criatividade pode diminuir e isso pode afetar sua produtividade no trabalho. Para que isso não aconteça, é preciso estar atento a alguns fatores importantes.

Um funcionário criativo é a principal necessidade de muitas empresas. Mas, às vezes, nossa criatividade pode passar por momentos de queda, e a produtividade no trabalho pode ser afetada por esses momentos de baixa. Para evitar esses momentos de queda da criatividade esteja atento a alguns fatores:

Quebre regras: o principal motivador da criatividade é não ter regras. Tem um limite estipulado? Não pode ultrapassar alguma barreira? Experimente pensar além desses limites, para que novas ideias surjam com o tempo. Depois você só terá o trabalho de adaptar suas ideias aos moldes de sua empresa.

Sem medo de errar: não tenha medo do erro. O processo criativo é guiado por sessões de tentativa e erro. Talvez o que você considera um erro ou falha, seja a inovação que tanto deseja.



Sem horário: você acha que o processo criativo tem que acontecer somente no horário de trabalho? Esteja atento para momentos de criatividade também fora do ambiente de trabalho. Isso não é considerado “levar trabalho para casa”, é somente uma forma de libertar sua mente de horários estipulados. Experimente anotar as ideias que tiver quando não estiver no escritório, e as desenvolva no outro dia de trabalho. Será melhor do que “quebrar a cabeça” durante o horário comercial e não ter nenhum resultado. Tenha sempre em mãos um caderno para suas anotações.

Misture: basear-se em ideias que já existem, mesclando-as com novidade que pretende apresentar pode ser a chave para uma boa produtividade. Esteja atento, porém, para não exagerar e acabar copiando trechos ou outro projeto completamente.

Busque outras fontes: TV, Jornal, internet, conversas com amigos, propagandas de outras empresas, essas e muitas outras fontes estão por ai, disponíveis e de graça! O Google conta com um inumerável banco de imagens, além de existirem sites de vídeos e outros recursos visuais. Basta aproveitá-las da melhor forma possível e começar a exercitar a sua criatividade.

Por Patrícia Generoso



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário