Cidades que registraram mais demissões em 2015

Categoria: Demissões, Empregos, Notícias

  

Os primeiros meses de 2015 foram críticos para o mercado de trabalho, e algumas cidades sofreram com o alto número de demissões. A cidade do Rio de Janeiro foi a que obteve o maior número de demissões, com 36,5 mil postos de trabalho fechados.

Com o atual momento da economia brasileira, tivemos registrado a volta de um fantasma bastante temido entre os brasileiros: o desemprego. O ano de 2015 está sendo marcado por demissões em massa e alta taxa de desemprego em todas as regiões do país, bem como em vários setores de nossa economia. E as projeções para os próximos meses não são boas, ou seja, o atual momento de demissões pode continuar.

Vale ressaltar que apenas no mês de junho foram fechados nada menos que 111 mil postos de trabalho. Esse é um dado oficial do Ministério do Trabalho. É importante destacar que esse resultado é o pior para o mês de junho desde 1992.

Com tais resultados, muitas cidades brasileiras vêm sofrendo bastante com as demissões em massa. Confira na continuação as cidades mais afetadas pelo desemprego em 2015.

A grande líder quando o assunto é demissão em 2015 é a cidade do Rio de Janeiro. Desde o início do ano são nada menos que 36,5 mil postos de trabalho fechados. O saldo de empregos de janeiro a junho, primeiro semestre, está negativo e é de -36.594. O setor que mais sofreu nesta cidade foi o do comércio, haja vista os 15,1 mil empregos que foram fechados.

Outro grande destaque negativo quando o assunto são demissões em 2015 é a cidade de São Paulo. Nesta cidade foram registrados 31,3 mil demissões em diversos setores. O saldo é negativo de 31.334, algo bastante longe do saldo positivo de 51.746 em 2014. A cidade também teve seu maior destaque de demissões no comércio: 16.258 postos de trabalho fechados.



Logo em seguida temos a cidade de Belo Horizonte, pois a mesma conseguiu registrar nada menos que 26,6 mil demissões até junho de 2015. Assim como em 2014 (-5.669), o saldo de 2015 também é negativo, porém, em maiores proporções: -26.637. A construção civil foi o setor mais afetado em Belo Horizonte: 10.117 demissões.

A capital da Bahia, Salvador, conseguiu registrar 18,8 mil demissões no primeiro semestre de 2015. A mesma passa por um saldo negativo bastante incomodo e vem apresentando dificuldades para se recuperar. O setor mais afetado em salvador foi a construção civil, pois o mesmo registrou 7.248 demissões em 2015.

A capital pernambucana, Recife, registrou neste primeiro semestre de 2015 nada menos que 18 mil empregos fechados. O saldo é negativo de 18.005, algo bastante superior ao saldo negativo de 1.477 em 2014. O setor mais afetado nesta cidade foi o de serviços, haja vista as 9.803 demissões.

Logo atrás vem a capital do Amazonas, Manaus. A cidade registrou neste primeiro semestre de 2015 17 mil demissões. O maior destaque vai para o setor da indústria da transformação com 11.159 demissões.

Outras cidades como, por exemplo, Ipojuca (PE), São Bernardo do Campo (SP), Fortaleza (CE) e Guarulhos (SP) também sofreram bastante com as demissões.

Por Bruno Henrique



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário