Google abre programa de recrutamento para PCDs

Categoria: Empregos, Google, PCD

  

Programa de Recrutamento de Pessoas com Deficiência é uma iniciativa do Google para reforçar a inclusão das minorias no mercado de trabalho.

O Google Brasil abriu na última quinta-feira (17)  as inscrições para o seu programa que é voltado ao recrutamento de pessoas com deficiência. O Programa de Recrutamento de Pessoas com Deficiência no Brasil é uma iniciativa que chega para reforçar a inclusão das minorias – uma ótima iniciativa da empresa.

As vagas são para os escritórios de Belo Horizonte e de São Paulo e o Google espera que as muitas pessoas demonstrem interesse em entrar para o time. O líder do Comitê de Pessoas com Deficiência, Pablo Pacca, disse que essa iniciativa irá ajudar a sua equipe de recrutamento na função de indicar mais pessoas com deficiência para vagas de trabalho.

O Google analisará as inscrições e entrará em contato com os candidatos que tenham o perfil de áreas com vagas a ser preenchidas, como vendas, atendimento, marketing, planejamento, engenharia, finanças e recursos humanos.

Requisitos exigidos para candidatura às vagas:

  • Ensino superior completo ou em andamento, com graduação até dezembro de 2016;
  • Fluência oral e escrita em inglês;
  • Autorização legal para trabalhar no Brasil.


Diferenciais:

  • Forte interesse nos assuntos do Google;
  • Saber trabalhar em equipe e ter boas iniciativas;
  • Habilidade interpessoal e organizacional, com habilidade de adaptação em um ambiente ambíguo.

Para candidatar-se o candidato deve acessar o site www.google.com/about/careers/search#!t=jo&jid=141415001&, clicar em "Apply Now" para enviar o currículo e depois ir ao passo seguinte, que é preencher o "suplemental information form".

Esse novo canal do Google tem uma função expandir as formas de recrutamento e seleção  dos futuros "googlers" – apelidos dos funcionários da empresa -, facilitando o ingresso de pessoas com deficiência na companhia.

É bastante significativo que empresas como o Google Brasil engajarem-se em programas de inclusão, considerando a importância que tem e o que representa em nossas vidas online, se pode dizer até que demorou para que a companhia tomasse essa atitude, enquanto milhares de outras empresas já estão engajadas há bastante tempo.

Por Elia Macedo



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário