Direitos dos trabalhadores temporários

Categoria: Emprego Temporário, Empregos, Profissionais

  

O trabalho temporário garante os mesmos direitos que o trabalhador permanente tem.

Final de ano chegando, como sempre as vagas temporárias abrem oportunidades para as mais diferentes profissões e níveis de escolaridade. A vaga temporária é uma excelente oportunidade para os trabalhadores que por não terem experiência, ainda não conseguiram uma colocação no mercado de trabalho, ou para aqueles que estão desempregados.

Teoricamente, o emprego temporário dura três meses, mas na prática, o funcionário tem a oportunidade de ser efetivado se tiver um bom desempenho no trabalho. Para isso dedicação e esforço são essenciais.

E a notícia para quem quer um emprego nesse final é ano é boa.  As vagas temporárias estão em alta. Diversas empresas estão com vagas abertas, algumas com pretensão de aumentar em até 50% seu quadro de funcionários.

Direitos dos temporários:



Engana-se que os funcionários temporários, por terem prazo para o final de suas atividades, não possuem direito específico. Existe uma lei específica, que rege a atividade e que garante os mesmos direitos que o trabalhador permanente. Inclusive, o funcionário temporário acabou de ganhar o direito de participar do mesmo sindicado do permanente.

Isso evita que algumas empresas possam se aproveitar dos funcionários temporários para lucrar de forma indevida. A contratação temporária é apenas uma forma de o empresário aumentar sua mão de obra, sem ter que efetivar todos os funcionários, mas todos os direitos, como 13º equivalente ao período trabalhado, férias, vale-transporte e fundo de garantia devem ser respeitados pelo empregador.

Para quem está procurando por emprego é uma excelente chance de entrar novamente no mercado de trabalho. Mesmo que não haja efetivação depois, a renda estará garantida pelo menos para o final do ano, época em que tradicionalmente têm-se os maiores gastos do ano.

Os empresários chamam atenção para uma data que vem antes do natal e que também costuma esquentar o comércio e as vendas: o Dia das Crianças. Por ser bem próximo ao natal, é uma oportunidade para quem deseja manter o emprego pelo menos até o final do ano.

Por Patrícia Generoso



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário