Saiba como é o processo seletivo do Google

Categoria: Empregos, Google, Processo seletivo

  

Alguns critérios são avaliados no processo seletivo da empresa, tais como, experiência profissional, traços de liderança, adequação à cultura da empresa e raciocínio analítico.

A empresa Google é reconhecida por ser uma das mais inovadoras na área de T.I., além de que se destaca por seu dinamismo no ambiente de trabalho, por estas e outras razões muitos sonham em fazer parte da companhia. Entretanto poucos conseguem. O primeiro passo para se correr atrás do sonho de fazer parte da equipe de uma das maiores empresas do mundo, o Google, é preciso conhecer seu processo de seleção para quem quer virar um ‘Googler’.

Confira:

No Brasil, assim como em outros países, o processo seletivo do Google é tão rigoroso e disputado quanto é nos demais países. Neste ano de 2016 o gigante de buscas pretende recrutar mais de seis mil profissionais de todo o mundo! A diferença desta vez é que o Brasil está sendo olhado com mais destaque.

“A empresa Google está aumentando em mais de 50% a sua equipe neste ano de 2016, o que significa que tal número superará a marca de 200 novas posições só na América Latina, sendo aproximadamente 150 só no Brasil! Hoje, além do Brasil, nossa operação na região conta com escritórios também na Argentina, México, Chile, Colômbia e Peru”, diz a gerente de recrutamento do Google na América Latina, Ana Azevedo.

Estas 150 oportunidades de emprego que o Google está oferecendo se destinam aos escritórios da companhia em São Paulo e Belo Horizonte. Para o escritório em São Paulo tais vagas se destinam a área comercial, administrativa, publicitária e jornalística. Já em Belo Horizonte o Google procura por profissionais técnicos e especializados em áreas relacionadas à tecnologia.



O processo de seleção começa com a avaliação dos currículos, estes podem chegar até a companhia via website, indicações de funcionários e universidades. Todos os currículos são avaliados. Após a avaliação primária o Google pode entrar em contato com os selecionados via telefone, para que se faça uma entrevista a distância com o recrutador, e depois uma entrevista presencial.

Quatro critérios são avaliados durante a entrevista presencial: experiência profissional, traços de liderança, adequação à cultura da empresa e raciocínio analítico. A partir daí se traça um perfil do candidato, que é enviado para comitês de seleção na região e até mesmo na matriz dos Estados Unidos, se aprovado, o candidato recebe uma oferta do Google.

O processo que vai da divulgação da vaga ao recrutamento final costuma durar em torno de quatro a seis semanas. O Google afirma que a seleção foca em atrair pessoas criativas e inovadoras, por outro lado a ausência de fluência em língua inglesa ainda é o principal critério de eliminação entre os candidatos.

O Google se destaca por ser uma das melhores multinacionais para se trabalhar no mundo, contando com um excelente pacote de benefícios, incentivo à educação e aprimoramento profissionais, flexibilidade de horários de trabalho e ambiente dinâmico, que conta com aulas de ioga, alimentação saldável dentro da empresa e até mesmo massagem dentro do local de trabalho!

Por Miriã Marconi



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário