Estágio Siemens 2017 – Programa de Jovens Talentos


  

Oportunidades são para as áreas de Exatas, Humanas e Biológicas.

A empresa brasileira Siemens, que é de origem alemã, está disponibilizando vagas para as áreas de Exatas, Humanas e Biológicas. Diversos setores da companhia receberão estagiários, que terão a oportunidade de aprender ainda mais e ter um crescimento profissional.

Os candidatos devem ter inglês intermediário ou superior, porque uma avaliação online de inglês será feita na hora do processo seletivo. Dinâmicas em grupo, painéis e até entrevistas com gestores serão parte deste processo.

O estágio está marcado para ter início em janeiro de 2017 e para participar do "PDT da Siemens" (Programa de Desenvolvimento de Talentos), uma inscrição deve ser feita no site do programa (http://w3.siemens.com.br/home/br/pt/cc/carreira-new/pdt/Pages/Programa-PDT.aspx). Este programa tem mais de 30 anos de existência e já beneficiou mais de 2000 (dois mil) estudantes.

As inscrições vão até o dia 11 de setembro e a duração deste programa pode ter de um a dois anos. Serão oferecidos entre outros benefícios, assistência médica e odontológica, restaurante e estacionamento no local, auxílio transporte e/ou ônibus fretado, seguro de vida e quando o estagiário estiver em período de provas, uma redução na jornada de estágio será aplicada.



Para as vagas ligadas ao setor de Finanças, o estagiário deve ter a sua formação prevista para dezembro de 2017 ou julho ou dezembro de 2018. Este mesmo prazo vale para os estudantes de Engenharia. Para os alunos de Administração que estiverem interessados nas vagas de Humanas e dos outros cursos, a formação deve ocorrer em 2018, em julho ou dezembro.

A Siemens começou as suas atividades aqui no Brasil em 1867, instalando uma linha telegráfica ligando os estados do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, se instalou definitivamente em 1905. A empresa investiu US$ 700 milhões nos últimos 10 (dez) anos na abertura de 9 (nove) fábricas e a ampliação da rede de pesquisa e produção. Estima que mais de 4 (quatro) mil novos empregos foram gerados neste período.

Os equipamentos e sistemas com esta marca são responsáveis por 30% dos diagnósticos digitais e 50% da eletricidade gerada no Brasil.

Em 2012, Curitiba ganhou o 7º centro de pesquisa e desenvolvimento da Siemens e em Joinville a produção está voltada para equipamentos de ressonância magnética, raio X e tomografia computadorizada.

Por: Fernando Dias



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário