Unimed – Rio recebe inscriçoes para Programa de Trainees Especiais – Portadores de Deficiência





A Unimed-Rio criou o Programa de Trainees Especiais que irá peromover a contratação de 14 portadores de deficiência.

As vagas são para o cargo de Assistente administrativo e é exigido Ensino Médio do candidato.




A seleção será composta por seleção de currículos dinâmicas de grupo, entrevistas individuais e avaliação psicológica.

Os interessados em participar do processo seletivo devem enviar seu currículo para o e-mail trainee.especial@gmail.com, constando o tipo de deficiência do candidato.




5 comentários em “Unimed – Rio recebe inscriçoes para Programa de Trainees Especiais – Portadores de Deficiência

  • Sou formado pelo SESC em ascensorista, trabalhei na parte administrativa
    e atualmente trabalho como plantonista no Hospital do Amparo.
    Pretendo terminar o ultimo ano do ensino médio e estou a procura de outras
    áreas de trabalho. Tenho fácil hablidade com recepção de pessoas pois tra-
    balho na área de recepção.

    Responder
  • · Editar

    sou deficeinte auditivo com perda moderada a severa bilateral,devido a osteosclerose,trabalho como tecnico de enfermagem em concurso publico no hospital de Campo Limpo Pta, 12×36 a noite e a primeira profissão foi de tecnico de segurança do trabalho aquele tempo a 10 anos atras arrumei empregado na area de segurança no trab,em construção civil,eletrometalurgica,hospital,lavanderia mas devido a minha surdez sempre ficava desempregado,e as empresa pareciam, que gostam de pessoas com “saude” ,ate quando trabalhei na Cardal como tecnico de segurança no trab. o engenheiro me disse que tinha medo de um dia a empresa me dispensar e eu processar alegando que perdi a audição na empresa fiquei muito triste e depois disto a empresa me despensou, como era o meu primeiro emprego de seg.trab, fiquei tão triste que não queria fazer mais nada, e me culpava por ter a surdez.
    Parei de estudar,pois ia fazer faculdade de engenharia e não fui mais atraz de emprego e de estudar.Depois conheci um medico q me indicou o aprelho auditivo
    hoje vivo feliz e muito contente com a lei do deficiente fisico,Espéro que as pessoas vejam nos como pessoas com capacidade para tudo. obrigado

    Responder

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *