Rossi Vendas oferece 120 vagas para Corretores Imobiliários




A Rossi Vendas, ligada à construtora e incorporadora Rossi, está oferecendo 120 oportunidades de emprego para Corretores Imobiliários.

As vagas são para as cidades de Campinas, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro.


Poderão concorrer às vagas Corretores Profissionais que possuam registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI).

Os interessados devem enviar o seu currículo para o e-mail candidato@rossivendas.com.br. O prazo para as inscrições só irá terminar quando todas as vagas forem preenchidas.




7 comentários em “Rossi Vendas oferece 120 vagas para Corretores Imobiliários

  • Olá não tenho Creci, mas tenho muita atitude e interesse em trabalhar como corretor de imóveis e não para discutir o certo ou o errado da língua portuguesa.
    Obrigado!

    Responder
    • · Editar

      Caro Fernando Dib, para trabalhar como corretor imobiliário não há necessidade de curso superior, pois o mesmo é de atribuição técnica (TTI), entretanto, apenas interesse não basta, há que ter conhecimento. O negócio imobiliário requer conhecimentos profundos e bem específicos , necessitando estudos dada a responsabilidade que envolve todo o processo. A lingua Portuguesa é o instrumento usado para a confecção de contratos que deverão estabelecer os direitos e deveres tanto das partes envolvidas na transação, como da garantia de seus recebimentos e a contrapartida das suas responsabilidades na transação. Como vê, o Português não apenas é desejável, mas imprescindível para a boa consecução de negócios nesta área.

      Responder
  • PELA IMPORTÂNCIA E RESPONSABILIDADE QUE ENVOLVEM UMA TRANSAÇÃO IMOBILIÁRIA, A QUAL É CONDUZIDA PELO “CORRETOR DE IMÓVEIS”, O CRECI DEVERIA SER CONCEDIDO A QUEM TENHA SUPERIOR COMPLETO OU QUE AO MENOS SAIBA ESCREVER…IMAGINE ESTE CIDADÃO QUE ESCREVEU “CRESSI” EXPLICANDO UMA CLÁUSULA CONTRATUAL….MEU DEUS!!!!!

    Responder
  • Caro Robson Mere,

    Na língua portuguesa, a sílaba tônica pode aparecer em três diferentes posições; consequentemente, as palavras podem receber três classificações quanto a esse aspecto:

    oxítonas ou agudas- são aquelas cuja a sílaba tônica é a última: você, ruim, café, carcará, jiló, vatapá, alguém, anzol, ninguém, condor, paul.

    paroxítonas ou graves- são aquelas cuja sílaba tônica é a penúltima: gente, dólar, álbum, planeta, pedra, vírus, homem, caminho, tórax, alto, amável, âmbar, táxi, éter, hífen.

    proparoxítonas ou esdrúxulas – são aquelas cuja sílaba tônica é a antepenúltima: lágrima, mágico, trânsito, lâmpada, xícara, ótimo, último, médico, Alcântara, fanático.

    Logo, a palavra maiúsculo por ser uma proparoxítina, recebe o acento tônico na palavra U.

    Assim fica difícil….

    Responder

Deixe uma resposta para Zé Pika Cancelar resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *