Trem de Alta Velocidade pode gerar 65 mil vagas de emprego



Um dos mais ambiciosos projetos da gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do atual governo comandado pela presidenta Dilma Rousseff é o Trem de Alta Velocidade (TAV), que tem como principal escopo interligar Campinas, Rio de Janeiro e São Paulo. Previsões apontam que as obras podem começar no próximo ano, com término demarcado em meados de 2018.

Cogita-se a ideia de o trem-bala estimular a criação de linhas de trens nos arredores de seus trilhos, bem como ligação com os sistemas de metrô da cidade de São Paulo. Enquanto especulações são mais fortes que a realidade em si – ao menos por enquanto –, autoridades sugerem a possibilidade de amplas contratações para a idealização desse meio de transporte.

De acordo com Luciano Amadio, presidente da Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas (Apeop), 65 mil oportunidades de emprego devem ser criadas em função do TAV. Entretanto, acredita que um vasto programa de formação para as mais diferentes frentes de trabalho precisa ser criado.




Com a escassez da mão de obra qualificada pelo país no segmento da construção civil e áreas correlatas, como neste caso, o governo precisa estimular a ferramenta humana. É certo que o TAV marcará com amplitude muitas economias locais.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Fiesp


 

Quer se cadastrar grátis no Banco de Talentos do Vaga Emprego? Clique aqui e acesse o formulário.




3 comentários em “Trem de Alta Velocidade pode gerar 65 mil vagas de emprego

  1. ivonilde alberto pereira

    Gostaria muito de fazer parte ,vestir a camisa se assim posso dizer.
    Sou COZINHEIRA,AJ.DE COZINHA,tambem posso ajudar na construçao.afinal e uma mega obra onde ira trazer muitas vagas de emprego.
    posso ser util na EMPRESA.
    Agradecida.

    Responder
  2. DJALMA AUGUSTO

    BEM SOU DA REGIAO MORO EM VOLTA REDONDA TENHO ENTERECER DE FAZER PARTE DESTA ISTORIA.TENHO VARIOS CURSOS QUE POSSA SER UTIL.

    Responder

Deixar um Comentário