FGTAS de Lajeado (RS) oferece Novas Vagas de Emprego





Uma nova informação está sendo direcionada para profissionais que procuram trabalho na cidade de Lajeado, município que fica situado no Estado do Rio Grande do Sul, sendo talvez a oportunidade que você tanto almeja.

Saiba que a divulgação da abertura de 500 vagas de emprego foi feita pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), isso aconteceu no dia 4 de abril de 2014.




De acordo com o órgão de atendimento ao trabalhador, as ofertas que estão disponíveis são para começar de imediato e a maioria delas é efetiva. Ainda vale ressaltar que cerca de 5% das ofertas que estão disponíveis serão reservadas para profissionais que possuem algum tipo de necessidade física.

Estão disponíveis propostas em variados setores, com destaque para as seguintes funções:


  • Vigilante: Vaga oferecida para profissionais que já atuaram na mesma função, sendo um diferencial aqueles que possuem o curso de segurança.
  • Vendedor Externo: Para se candidatar a essa oferta de trabalho é preciso ter o ensino médio completo, porém, é fundamental já ter atuado com vendas e gostar de trabalhar com metas.

Outras vagas que estão disponíveis são para atuar como: Torneiro Mecânico, Supervisor de Serviços, Repositor em Supermercados, Operador de Caixa, Operador de Máquina de Perfuratriz, Motorista de Ônibus, Montador Instalador de Geradores, Lavador de Automóveis, Encarregado de Serraria, Cuidador de Idosos, entre outros cargos.

O que você achou das ofertas de trabalho que a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social de Lajeado divulgou?

Se você achou que uma das ofertas combina com o seu perfil profissional, saiba que é preciso comparecer pessoalmente na Agência de Atendimento ao Trabalhador que fica situada na Rua Júlio de Castilhos, nº 478.

O horário de atendimento vai das 8:00 às 17:00.

Para saber mais informações, indico que você acesse o site www.stds.rs.gov.br, pois nele outras ofertas de emprego poderão surgir no decorrer da semana, pois inúmeras empresas possuem parceira com esse órgão público.

Por Josiane Fernandes de Jesus



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *