Competências comportamentais que diferenciam os profissionais



No mundo dos negócios todos desejam se tornar mais competitivos e ser um daqueles profissionais cobiçados pelo mercado. Mas, afinal, o que está por trás de um profissional altamente cobiçado? Quais são as competências mais buscadas pelas empresas? A resposta tem sido muito objetiva: competências comportamentais.

As competências comportamentais são a condição básica para alcançar qualquer atuação profissional, pois elas condizem com o conhecimento necessário para se obter sucesso na execução das atividades do dia a dia. Normalmente, elas são obtidas através de educação formal, treinamentos e experiências pessoais, e necessitam de atualização constantemente; e elas incluem domínio acadêmico, tanto de metodologias quanto de idiomas.



Num mercado onde a palavra chave é conhecimento, um descuido com o desenvolvimento técnico pode acarretar numa perigosa estagnação profissional. Porém, as melhores competências que realmente destacam qualquer  profissional são as competências humanas, denominadas de competências comportamentais. Elas se referem a padrões de comportamento e atitudes que são individuais, e que capacitam o profissional, alinhando o conhecimento técnico a um comportamento adequado, que seja mais produtivo e correto para praticar em seu dia a dia na empresa; dizem respeito também à capacidade de trabalhar e lidar com outras pessoas, motivando-as e compreendendo-as, tanto de forma individual quanto em uma equipe. Dentro dessas competências podemos encontrar: capacidade de comunicação (tais como saber expressar suas ideias, saber e estar pronto para ouvir, tirar dúvidas, fornecer feedback), trabalho em equipe (capacidade de liderança para lidar com pessoas e atingir metas), assertividade (expressar posicionamentos com ideias, emoções e argumentos que demonstram profissionalismo e respeito aos outros), negociação (capacidade de dialogar para resolução de problemas), ética (praticar valores éticos e morais, gerando confiança à todos), flexibilidade (capacidade de adaptar-se às condições favoráveis e desfavoráveis em qualquer ambiente), dentre outras.

Leia também:  Profissionais temporários podem ser efetivados após as festas de final de ano

Todas elas são as mais difíceis de serem encontradas, pois são mais difíceis de se desenvolver, e isto requer investimentos pessoais: ter coragem para se conhecer, saber lidar com as próprias emoções e ser humilde para encarar os próprios erros e  limitações.



Por Daniela Almeida da Silva

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *