Dicas para superar as pressões e decepções no trabalho




Exemplos de decepção no trabalho dos sonhos são mais comuns do que a gente imagina. O mais recente e que ficou bem conhecido é o caso do americano Jordan Price, que tinha um sonho de trabalhar na Apple e se decepcionou quando a oportunidade apareceu. Price criou um blog em que relatou sua experiência e contou detalhes de como funcionou o trabalho por lá.

Os bastidores da Apple, segundo Price, não era tão bons assim. O chefe gritava e insultava a equipe o tempo todo e ameaçava Jordan. O horário de trabalho era muito mais longo do que se imaginava e o excesso de reuniões cortava a produtividade. O texto, em abril, estava com 22 mil curtidas e 3 mil compartilhamentos no Facebook.


Experiências assim já fazem parte da vida de muitos profissionais. Isso se ocasiona por causa da distância que existe entre expectativa e realidade. Um site chamado Glassdor realizou uma pesquisa que conclui que de cada dez profissionais que mudaram de emprego há pouco tempo, seis deles encontraram uma rotina de trabalho bem diferente do que imaginavam.

Segundo a coach Eliana Dutra, não existe empresa perfeita. Muitas delas usam a fama de seus produtos para conseguir angariar empregados, mas que na realidade o ambiente interno não é tão interessante assim. A sensação de deslocado nos primeiros meses em uma empresa é normal, contudo se essa percepção continuar a conclusão é de que o profissional não se identificou com a organização. O jeito é tentar se adaptar ou conseguir uma oportunidade em outro lugar.

Para os ambientes que possuem muita pressão, o profissional precisa estar atento. Mesmo que nos primeiros dias seja traumático, o empregado não pode desistir tão logo, é preciso persistir mais um pouco. As decisões precisam ser racionais e não por impulso.


Outra dificuldade encontrada por algumas pessoas é quando as atividades se tornam monótonas. Mesmo que o profissional esteja fazendo o que gosta, ele pode passar por momentos em que as tarefas sejam desestimulantes. A melhor forma é tentar encarar o momento e ter iniciativa para pedir novas e diferentes tarefas. 

Por Carolina Miranda



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *