Enfermagem – Informações sobre a profissão





O Enfermeiro é o profissional responsável pelo bem-estar e saúde dos pacientes, seguindo as prescrições médicas e certificando que o tratamento esteja sendo seguido da melhor maneira possível, além de dar assistência física e psicológica para a família desses pacientes.

Para se tornar um profissional da enfermagem é necessário que se tenha um perfil que goste de cuidar das pessoas (os enfermeiros acompanham diariamente os pacientes), responsabilidade com os horários para medicar os pacientes nos horários corretos, facilidade ao lidar com emoções, facilidade de comunicação para a interatividade com os pacientes e famílias, motivação, ser solícito, ser hábil e seguro com instrumentos cortantes perigosos.


O trabalho de enfermagem se constitui em partes técnicas, mas principalmente humanas por se tratar diretamente com pessoas que estão fragilizadas por algum motivo. É preciso ter diploma de curso universitário em uma faculdade de enfermagem que geralmente tem a duração de quatro anos e traz o alinhamento de conhecimentos científicos do corpo humano e conceitos da psicologia humana contribuindo para a humanização da profissão.

Os profissionais têm a função de auxiliar o médico em partos, aplicação de injeções, medir pressão, medicar, fazer curativos, remover o paciente, dar assistência física, fazer companhia para pessoas idosas e até atuar na área administrativa da equipe de enfermeiros coordenando todos os trabalhos a serem seguidos.

O mercado de trabalho não se restringe somente ao ambiente hospitalar, mas o profissional de enfermagem pode atuar como integrante da área de saúde de uma empresa, cuidar de pessoas em tratamento domiciliar, laboratórios, programas governamentais, equipes de vigilância sanitária, escolas e outros estabelecimentos comerciais. Outra opção é se especializar na área acadêmica produzindo artigos para contribuir para a evolução no tratamento dos pacientes, é possível dar aulas em universidades de enfermagem.


Cerca de 70% das pessoas que exercem a enfermagem são mulheres, porém não há diferença salarial significativa entre os gêneros nessa profissão. 

Por Paulo Victor Bragança



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *