Pessoas críticas e exigentes devem rever suas atitudes

Categoria: Dicas, Empregos, Empresas, Profissionais

  

Muitas pessoas exigem muito dos outros, e sem perceber criticam e julgam da pior maneira. Essas atitudes normalmente são de pessoas que acreditam ser melhores que os outros, esquecendo de olhar para elas mesmas. Saiba que essas atitudes só fazem você regredir e não progredir, pois só evoluímos quando há aprendizado e compaixão pelo próximo.

De acordo com o psicólogo e coach Alexandre Borba, é preciso reverter essas atitudes. Pessoas críticas não são muito aprovadas pelas outras pessoas, ainda mais quando não são humildes o suficiente para reconhecerem seus atos. Para mudar essas atitudes, é preciso treinar a capacidade de se autoavaliar para rever certas atitudes. Olhar para si mesmo pode gerar a sensibilidade de ver que ninguém é igual a ninguém. É preciso exigir competência própria antes mesmo de exigir dos outros.

"Criticar se torna algo fácil quando não estamos envolvidos. Ofereça ajuda ao invés de criticar, caso contrário, pode criticar, mas de forma construtiva", comenta o especialista. Ás vezes até de forma inconsciente as pessoas tendem a reclamar dos outros, a sublinhar os defeitos alheios. "Na maioria das vezes esses defeitos nem existem, o ato de reclamar e exaltar os defeitos é uma forma expressiva que algumas pessoas têm para alimentar o ego, diminuindo o próximo", comenta. Para reverter essa situação, a pessoa precisa realmente querer mudar. O primeiro passo é se tornar o exemplo que gostaria. Não adianta cobrar competência de um profissional em uma empresa, por exemplo, se você não se tornar um exemplo para ele ser seguido ou se não é fiel com seus deveres e obrigações.

Tudo é uma questão de conduta e as pessoas percebem isso. Uma atitude vale mais que mil palavras, portanto, se você deseja algo, faça, ou invés de ficar só dizendo. Saiba que para exigir de alguém você precisa ser o exemplo daquilo que exige.




Todos têm o potencial para desenvolver qualquer habilidade ou competência, para isso, é necessário um ambiente propício com pessoas que realmente estimulam caráter, ao invés de derrubá-lo.

“Essas lições valem tanto para a área profissional quanto para a própria vida", conclui Alexandre.

Por Daniela Almeida da Silva


 

Quer se cadastrar grátis no Banco de Talentos do Vaga Emprego? Clique aqui e acesse o formulário.




Deixar um Comentário