Bullying também pode ocorrer no ambiente de trabalho

Categoria: 2014, Assédio Moral, Dicas, Profissional


Piadas de mal gosto, apelidos, entre outros tipos de bullying não são comuns apenas entre crianças e adolescentes. Infelizmente o bullying também está presente entre os adultos nas empresas. As vezes ele é recebido por colegas de trabalho, mas há também aqueles superiores que adoram tirar um sarrinho, aí já pode ser considerado um caso de assédio moral.

Normalmente, o bullying é enrustido de preconceito, às vezes sutil e, na maioria das vezes, grosseiro. Não é porque você convive com essas pessoas que é obrigado a tolerar o bullying, pois, além do incômodo de ter que passar por isso todos os dias, tem o constrangimento momentâneo.



A pessoa que sofre bullying pode desenvolver problemas de convivência com outras pessoas, além de desencadear sentimentos de baixa autoestima, angústia, medo, insegurança, solidão, depressão, isolamento, entre outros.

Por isso, quem sofre bullying por muito tempo não tem muitos amigos e demora para adquirir confiança nas pessoas. Todos dizem que a melhor forma de se livrar de um bullying é não ligando pra ele. Mas não é tão fácil assim. Os agressores não cansam nunca e sentem prazer em fazer provocações e tirar sarro dos outros. 

Se o problema persistir, o ideal mesmo é procurar seus direitos dentro da empresa e, se for possível, fora da empresa com seus advogados. Você precisa assumir que a situação passou dos limites e está te fazendo mal, por isso, chegou a hora de pedir ajuda: fale com o chefe geral da sua empresa. 



Hoje em dia o bullying é muito conhecido e as pessoas falam abertamente sobre ele. Seja sincero e fale tudo o que você está passando. Se, mesmo assim, o problema não for resolvido, ou mesmo se o agressor for seu próprio chefe, procure imediatamente ajuda da justiça.

No Brasil ainda não existe uma lei contra o bullying, mas você pode entrar com uma ação contra danos morais e pedir uma indenização.

Por Daniela Almeida da Silva

 

Quer se cadastrar grátis no Banco de Talentos do Vaga Emprego? Clique aqui e acesse o formulário.




Deixar um Comentário