Entenda por que não se deve dizer que é Perfeccionista em uma entrevista de emprego





Você já respondeu que é perfeccionista em uma entrevista de emprego? Sabia que essa expressão não é recomendada? O indicado é que o candidato busque por palavras ou expressões que demonstrem, realmente, as suas qualidades.

Mas, por que não devo dizer que sou perfeccionista? Confira os principais motivos.


A palavra perfeccionista não diz nada sobre qualidade ou competência em um emprego. Assim, a palavra é rasa e muito limitada. Além disso, ser perfeccionista não significa dizer que a pessoa é um bom profissional. Outro motivo, é que ela já se tornou um jargão, ou seja, já é comum, e o recrutador sabe disso. Assim, a palavra já está desgastada e não deve ser usada.

Lembre-se de que não existe a perfeição, ou seja, o profissional deve buscar os melhores resultados para evitar frustrações no futuro. Assim, a pessoa deve se desenvolver para realizar uma boa tarefa no trabalho e alcançar os melhores resultados possíveis.

O perfeccionismo pode ser visto tanto como um defeito quanto qualidade. Durante a entrevista, busque por outros tipos de palavras para mostrar ao recrutador que você é compatível para a vaga. Ou melhor, procure usar expressões que mostrem quais são as suas qualidades, desempenho e por que você quer tanto a vaga, ou seja, venda o seu peixe usando expressões que realcem a sua competência.


Ao falar a palavra perfeccionista, o candidato, também, mostra que não tem criatividade. Assim, busque por vocabulários que valorizem a sua competência e que você está buscando o melhor para a sua carreira profissional e que a qualidade e a excelência no trabalho, realmente, são importantes para si mesmo.

A palavra perfeccionista, além de ser comum, não diz muita coisa para o recrutador. Escolha outros vocabulários que combinem com o seu perfil e use a criatividade no momento da entrevista, para vender o seu peixe. Entendeu, por que a palavra perfeccionista deve ser evitada na hora da entrevista? 

Por Babi



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *