Motivação interna e externa – Entenda as diferenças





De acordo com o dicionário, a palavra "Motivação" tem um significado paralelo à palavra "Comportamento". Logo, por definição, motivação tem a ver com mudança de comportamento para atingir algo proposto, ou seja, agir de uma determinada maneira.

Mesmo sendo algo que parte do indivíduo como iniciativa, a motivação pode ser direcionada de duas formas: interna e externa. Ambas levam o indivíduo para o mesmo lugar, o único diferencial é o jeito que elas são estimuladas.




Confira abaixo algumas características da motivação:

– Motivação Interna:


A motivação interna nada mais é quando a pessoa possui uma vontade imensa de mudar de comportamento para conseguir um certo objetivo. Geralmente ela parte da pessoa quando está se questiona muito ao seu respeito. Isso acontece muito em igrejas doutrinadas, por exemplo, as quais impõem aos fiéis algumas regras para serem seguidas em prol de algo ou de algum êxito futuro, atingido por sacrifícios a certos comportamentos.

Na vida pessoal ou no trabalho, a motivação interna ajuda as pessoas a terem autocontrole sobre si mesmas e a traçar metas. Na verdade, a motivação interna é uma das atitudes mais difíceis de ser tomada, pois exige do indivíduo determinação e autossuficiência para saber o que quer e fazer suas próprias escolhas.

– Motivação Externa:

A motivação externa parte deliberadamente do ambiente em que estamos inseridos. No trabalho, ela se torna perfeita, pois o ambiente de trabalho nos torna mais propícios a enfrentar desafios para conseguir atingir metas e sair da zona de conforto. Enquanto na motivação interna o indivíduo precisa ter um sentido de vida para se sentir motivado, na motivação externa, o indivíduo só precisa estar em um ambiente que estimule isso. Mas, dependendo da pessoa isso não é o suficiente, se ela não conhece a si mesma. Quando estamos em um ambiente motivador, é fácil se sentir motivado, mas e quando estamos fora dele? Talvez seja um bom motivo para buscarmos uma reflexão.

Por Daniela Almeida da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *