Cuidado com o que fala: as palavras têm poder

Categoria: Comunicação, Dicas, Profissionais


Você sabia que as palavras têm poder? Uma boa comunicação, por exemplo, não é algo que você diz, e, sim, o que os outros entendem. O que você pensa sobre si mesmo, diz muito sobre você e vai refletir nas suas ações e atitudes futuras. As pessoas são definidas pelas suas crenças. Neste grupo, há dois tipos: as propulsoras e as limitadoras. Qual você pertence? Por qual você se deixa influenciar?

Crenças limitantes incluem várias palavras como nunca, jamais, impossível, lento, absurdo, inseguro, entre outras. É preciso tomar cuidado com o que se pensa, porque o pensamento tem grandes influências em todos os setores da vida.



Por isso, é preciso vigiar os seus pensamentos, para que não seja dominado por eles. Veja algumas frases que devem ser evitadas no dia a dia:

  • Tudo que vem fácil, vai fácil;
  • Eu não vou aprender;
  • Eu não tenho paciência mesmo;
  • Eu sou lento;
  • Os outros são melhores do que eu;
  • É impossível ganhar dinheiro trabalhando com isso;
  • Estresse é bom, evita a acomodação;
  • Elogio estraga;
  • Quem eu sou para falar alguma coisa.

Esses tipos de frases são comuns na sua vida? Então, que tal começar a fazer um exercício?

Pegue um papel e anote as frases que são comuns para você, ou seja, aquelas que norteiam as suas ações e te prejudicam. Pegue as frases destas crenças limitantes e leia-as com atenção e depois responda a si mesmo: o que você quer dizer com isso? Todas as pessoas que você se relaciona também pensam assim? Que benefício essas frases trazem para você? Quais as dificuldades que essas crenças colocam para você e na sua vida pessoal?



Se a sua lista de frases de crença limitante for maior do que de benefícios, é preciso mudar de atitude. Não se deixe dominar pelas crenças limitantes, acredite em você e no seu poder de mudar de vida. Busque o domínio das palavras e tenha conhecimento de si mesmo.

Por Babi

 

Quer se cadastrar grátis no Banco de Talentos do Vaga Emprego? Clique aqui e acesse o formulário.




Deixar um Comentário