Dicas de como montar um currículo





Montar um currículo pode ser a coisa mais fácil desse mundo para algumas pessoas, já que a maioria delas pensa que é só amontoar todo o conhecimento que acumularam, experiência, e por aí vai. No entanto, para tudo há sempre regras, e para isso, o melhor é estar por dentro delas.

No caso de montar um currículo, por exemplo, veja algumas dicas:


1. Dados pessoais:

Os dados pessoais são na verdade a primeira impressão do currículo. É a primeira sequência dele e você precisa ser o mais breve e objetivo possível. Coloque apenas seu nome completo em negrito, sua idade ou data de nascimento, estado civil e seu endereço com nome de rua, número da casa e bairro. Isso é apenas uma dica, caso não queira colocar algum dado pessoal seu, você poderá não incluir. Fica a seu critério.

2. Formação:


Na formação você pode colocar tanto seu grau de escolaridade no momento quanto os cursos que você já fez ou está fazendo, como faculdade, pós-graduação, cursos de idiomas, MBA, cursos de capacitação, técnicos, etc. Coloque sempre por ordem cronológica, o nome da instituição de ensino, nome do curso e período de duração. Coloque também outras observações sobre algum curso, caso houver necessidade.

3. Experiência profissional:

Na experiência profissional você pode colocar desde estágios que já fez até empresas que já trabalhou. Coloque também por ordem cronológica o nome de cada uma delas, o cargo ou a função, a área da empresa e o tempo que trabalhou lá. É importante ressaltar, antes do mais nada, o tipo de formatação do currículo. Prefira digitá-lo com a fonte em Arial e a letra tamanho 12, que são regras básicas da norma ABNT. Cuidado também com estilos exagerados de fonte, como, por exemplo, o negrito, cores e imagens desnecessárias. Evite colocar fotos, a não ser que uma empresa que você vai participar do processo seletivo exija isso.

Por Daniela Almeida da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *