Desemprego aumentou no Brasil



População desocupada aumentou cerca de 23,1% em março em relação ao mesmo período do ano passado.

O desemprego continua preocupando os brasileiros e à medida que a crise vai avançando, o desemprego começa a assolar o país, mesmo nas regiões onde as oportunidades de trabalho vinham gerando muitas novas oportunidades.

Só no último mês de março, a população desocupada aumentou cerca de 23,1% em relação ao mesmo período do ano passado, ou seja, mais de 280 mil pessoas estão desempregadas e isso só nas 6 principais regiões metropolitanas do Brasil.



As informações são do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – e foram divulgadas na última terça-feira (28). Ainda de acordo com o IBGE, a taxa de desocupação foi de 6,2% em março, ficando acima da taxa do mesmo período em 2014.

Outro dado preocupante foi em relação à população ocupada que continua diminuindo, sendo que em março a queda foi de 0,9%, isso significa que 197 mil empregos foram extintos, em comparação anual e no mesmo período a população brasileira que é economicamente ativa teve um aumento de apenas 0,3%, cerca de pouco mais de 83 mil pessoas. Ao contrário, o contingente de inativos vem só crescendo, cerca de 1,5% no aumento, uma média de 290 mil pessoas.



Se fizermos uma comparação entre os meses de março e fevereiro, poderemos constatar um aumento na população desocupada de 5,3%, cerca de 75 mil pessoas que voltaram para a fila do desemprego e que agora estão novamente, buscando uma nova oportunidade no mercado de trabalho. E a população ocupada vem só caindo, com uma redução de 0,2% neste mesmo período, uma média de 48 mil empregos a menos no mercado.

Leia também:  Vaga de trabalho Aché - Emprego em São Paulo

A crise vai se fortalecendo, se arrastando e o fantasma do desemprego volta a assombrar os brasileiros. Se antes, sem a crise e com emprego, já era difícil para a população brasileira, a situação se torna ainda mais complicada, tendo que enfrentar esta crise que não tem perspectiva de acabar tão cedo e, ainda, estando desempregado.

A população economicamente ativa no Brasil aumentou somente 0,1%, menos que 30 mil pessoas, mostrando que a situação só tende a se agravar.

Por Russel

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *