Prestação de serviço é uma saída para os desempregados

Categoria: Notícias, Serviços, Trabalho


Com a crise no Brasil, muitas pessoas estão ficando desempregadas e buscam na prestação de serviço uma maneira de conseguir uma renda.

A economia do Brasil está em um momento crítico e o desemprego volta a assustar os trabalhadores e 70% dos brasileiros, de acordo com pesquisa realizada pelo Datafolha, acreditam que o desemprego só vai aumentar nos próximos meses.

Diante desse quadro, a prestação de serviço surge como uma saída para quem está desempregado, conseguir ter uma fonte de renda até que a situação melhore, só que neste meio tempo, a pessoa pode conseguir êxito na empreitada e preferir continuar com seu novo negócio do que voltar a trabalhar como empregado.
Na pesquisa realizada pelo Datafolha, somente 10% das pessoas entrevistas é que têm alguma expectativa de que esta taxa de desemprego tenha queda e 17% acha que a situação vai ficar estável.
E a mesma pesquisa apontou que 58% dos brasileiros acreditam que a situação econômica do Brasil só tende a piorar.

E se antes era comum entre os brasileiros, buscar uma renda extra para complementar o salário, atualmente a renda extra está se tornando questão de sobrevivência, pois com o alto índice de desemprego, a renda extra acaba se tornando como a renda principal do trabalhador desempregado.
E neste cenário, a prestação de serviço surge como uma excelente saída, primeiramente porque todas as pessoas podem prestar algum tipo de serviço, desde o profissional mais experiente até aquele que está chegando agora ao mercado.




Mas o profissional desempregado deve se planejar muito bem antes de começar a atuar com prestação de serviço, primeiro porque ele precisa analisar se o mercado tem espaço para a prestação de serviço que ele quer oferecer, para não correr o risco de encontrar grande dificuldade para captar novos clientes.
Fazendo uma análise do mercado, o novo empreendedor irá constatar se vale a pena prestar serviço dentro da área que ele domina, ou se será preciso investir em um tempo de aprendizado, um curso profissionalizante, pois é importante que ele ofereça uma prestação de serviço qualificada, para que possa ser indicado para novos clientes e assim possa ver o seu novo negócio prosperar e dar um bom retorno financeiro.

Importante também é não se acomodar no novo negócio, ser consciente que trabalhar por conta própria requer mais dedicação e tempo do que quando se trabalha de empregado e que é preciso saber lidar com a parte financeira para não misturar com o pessoal.

Com a prestação de serviço, muitos brasileiros já estão se livrando do fantasma do desemprego, conquistando sua própria fonte de renda e há mercado para muitos outros, desde que tenham disposição, persistência e estejam abertos a novos aprendizados.

Por Russel


 

Quer se cadastrar grátis no Banco de Talentos do Vaga Emprego? Clique aqui e acesse o formulário.




Deixar um Comentário