Novas regras para empregadas domésticas

Categoria: Empregadas Domésticas


Projeto de Lei que complementa a Emenda Constitucional 72 foi aprovado e completou o direito das empregadas domésticas.

Um projeto de lei que complementa a Emenda Constitucional 72, que previa uma série de direitos para trabalhadores domésticos, foi aprovado e era o que faltava para complementar o direito desses trabalhadores, direitos que já são comuns aos trabalhadores de outas áreas.

No novo projeto de lei aprovado ficam esclarecidas as regras sobre horas extras, fundo de garantia do tempo de serviço (o famoso FGTS), ganho adicional por trabalho noturno, multa por demissão sem justa causa, entre outras coisas.

Além disso, foram alteradas as regras sobre os encargos do empregador, com a nova lei, ele terá que recolher 8% do INSS e mais 8% para o FGTS, além de 3,2% como fundos para a multa no caso de demissão sem justa causa. O empregador também recolhe 0,8% para casos de acidente de trabalho, vale reforçar que esse valor não é para um seguro, é apenas mantido para casos de acidentes.




Empregados domésticos terão uma jornada de 44 horas semanais que pode durar no máximo 8 horas por dia (sem contar horas extras). Com esse novo esquema de trabalho, o empregado, se trabalhar 8 horas por dia nos dias de semana, terá que trabalhar apenas 4 horas no sábado. Eles também terão direito a férias de 30 dias por ano, que poderão ser parceladas por um período mínimo de 14 dias.

Os empregados também têm seus deveres e obrigações, por exemplo, é obrigatório dar aviso prévio caso o funcionário queira sair do emprego. Todos também deverão contribuir com o sindicato, o valor é de um dia de trabalho por ano. O empregado também poderá ser contratado com período de experiência por 3 meses.

Conseguiu esclarecer suas dúvidas? Seja você empregador ou empregado doméstico, fique atento a todas essas novas regras que beneficiam os dois lados e deixam mais justo um trabalho que há muito tempo não era valorizado, além de movimentar melhor a economia do país.

Por Tom Vitor de Freitas


 

Quer se cadastrar grátis no Banco de Talentos do Vaga Emprego? Clique aqui e acesse o formulário.




Deixar um Comentário