Analista – Especialista em Fusões e Aquisições – Profissão, Salário

Categoria: Cargos, Carreiras, Profissões


O analista em fusões e aquisições é responsável por participar de processos de implantação das transações entre as empresas que estão incorporando e que estão sendo incorporadas por outras.

Se você vai iniciar sua vida profissional ou está pensando em mudar de área de atuação e tem interesse em ser Analista ou Especialista em Fusões e Aquisições, conheça mais informações sobre essa carreira.

Derivada da expressão em inglês mergers & acquisitions (M&A), a área de fusão e aquisição emprega desde jovens profissionais a diretores experientes.

Formação e Perfil

Para atuar na área de fusão e aquisição, o mercado de trabalho exige que os profissionais tenham formação de nível superior completa. Algumas das graduações possíveis são: Administração, Ciências Contábeis, Direito, Engenharias ou Ciências Econômicas.

O perfil dos profissionais para exercerem a função de especialista nesse ramo inclui as seguintes características: ser dinâmico, ter capacidade analítica, ter visão de negócios, ter alto conhecimento sobre a área financeira, ter habilidade de negociação, possuir domínio do idioma inglês e saber utilizar a ferramenta do MS Excel com nível avançado.

Funções

O analista em fusões e aquisições é responsável por participar de processos de implantação das transações entre as empresas que estão incorporando e que estão sendo incorporadas por outras. O objetivo é garantir que as premissas e os cronogramas estipulados para o projeto dessa adaptação entre companhias sejam cumpridos.

Dentre outras atribuições estão: realizar avaliação de mercado a fim de observar oportunidades de venda e compra de empresas; dar apoio na origem das operações; participar na execução de modo a elaborar a valuation (avaliação), due diligence (diligência devida) e cálculos de endividamento, inclusive a análise de balanços.

Além disso, o especialista deve fazer o levantamento, a avaliação do perfil das outras empresas, estudar o mercado, entender sobre o cenário econômico, elaborar modelos financeiros e pesquisar sobre possíveis investidores como intuito de verificar a viabilidade econômico e financeira de uma potencial concretização de compra ou venda entre os negócios.

Atuação

Os profissionais em fusão e aquisição podem trabalhar em diversas instituições como, por exemplo, bancos de investimento, escritórios de advocacia, empresas multinacionais ou boutiques de investimento.




O sucesso nesse ramo depende da construção de uma relação de confiança entre o cliente e o especialista. Também deve-se levar em consideração a busca por soluções criativas que favoreçam os acordos entre as instituições.

Mesmo quando o cenário econômico não parece favorável, há boas expectativas nesse setor, uma vez que diante da crise, o mercado oferta oportunidades para aquisições de empresas que não são muito valorizadas.

As empresas costumam dividir a área em dois grupos, sendo um aqueles que dão origem ao negócio, enxergando oportunidades e buscando acesso aos executivos das outras corporações; e outro é responsável por executar as transações até o final, exercendo capacidade de gestão a fim de concluir os negócios.

Se a transação for de grande porte, a fusão não se encerra com a assinatura dos contratos. Isso também exige do analista que atue por cerca de 6 meses ou até 1 ano para que demonstre resultados como aumento de receita e fatia de mercado.

Faixa Salarial

A depender da região do país, a remuneração oferecida no Brasil para o analista em fusão e aquisição pode variar entre R$ 5 mil até R$ 14 mil. Além disso, podem ser acrescidos percentuais como bônus em cima da concretização de negócios.

Mercado de Trabalho

Tanto no cenário nacional quanto internacional, essa área está em crescimento, tendo em vista o retorno de investimentos realizados pelas grandes empresas. Há uma boa perspectiva para a retomada desse ramo, pois considera-se o retorno eminente e o bom desempenho das novas empresas, resultante das fusões e aquisições.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os meses de janeiro e agosto de 2017, o cargo de especialista em fusão e aquisição teve um crescimento de 43% no mercado de trabalho no âmbito nacional.

Por Melisse V.


 

Quer se cadastrar grátis no Banco de Talentos do Vaga Emprego? Clique aqui e acesse o formulário.




Deixar um Comentário