Programa Jovem Aprendiz Correios 2018 – Vagas Abertas





Seleção oferta 4.983 vagas para jovem aprendiz distribuídas em cidades de todo o Brasil.

Estão abertas as inscrições para jovem aprendiz da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. São 4.983 vagas distribuídas em várias cidades de todo o país.

Podem concorrer às vagas estudantes que estejam cursando a partir do 9º ano do ensino fundamental e que tenham no mínimo 14 anos e no máximo 22 anos de idade no dia da contratação.




Os selecionados irão participar do programa jovem aprendiz dos Correios durante 20 horas por semana. Neste período, participarão de atividades na agência e vão receber treinamento de assistente administrativo. Os cursos são gratuitos, presenciais ou a distância.

Para que o estudante se dedique durante as 20 horas semanais os Correios oferecem alguns benefícios como vale-transporte e vale-refeição, além de bolsa-auxílio no valor de R$ 448,46.


Como se inscrever no processo seletivo de jovem aprendiz dos Correios

Quem quiser pleitear uma das vagas pode fazer a inscrição até o dia 29 de maio de 2018 no site dos Correios (www.correios.com.br). Entrando na página inicial, clique em “Recursos Humanos”. Neste local está disponível o edital completo e área de inscrição.

Todos os inscritos vão participar do processo seletivo que consiste em análise dos requisitos, classificação por meio de pontuação de renda familiar, participação em programas sociais, ano que está cursando, quando vai concluir os estudos, aprovação escolar, entre outros. A lista completa de dados que serão avaliados pode ser encontrada no edital, disponível no mesmo site da inscrição do programa de jovem aprendiz dos Correios.

Os aprovados nas primeiras etapas também passarão por exames médicos pré-admissional. O processo seletivo tem validade de um ano e pode ser prorrogado por mais um ano, de acordo com as necessidades do Correio.

O estudante selecionado vai ficar no programa durante doze meses. Neste período, vai receber treinamento teórico do Senai e prático nas agências de Correio. A parte prática terá orientação de um funcionário capacitado da empresa.

Durante este período, o jovem aprendiz vai receber 800 horas de capacitação. Os que completarem o programa de forma satisfatória recebem uma certificação da formação técnico-profissional. Para isso, precisam ser aprovados na avaliação na execução das atividades e no curso.

O resultado do processo seletivo será dado no mês de julho de 2018.

O que o jovem aprendiz dos Correios vai fazer?

Durante o treinamento prático e teórico, o estudante selecionado irá realizar diversas atividades nas agências de Correios como: digitar expedientes e entrar em contato com clientes; transportar documentos entre as áreas internas; realizar a reposição de materiais quando necessário; utilizar multimídia e retroprojetor; auxiliar na formação de filas ou entrega de senhas para os clientes, quando necessário; tirar dúvidas de clientes sobre produtos e serviços da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos; organizar ambientes; realizar a verificação de materiais quando for solicitado; apoiar a realização de eventos; arquivar documentos; organizar arquivos; digitar planilhas; receber documentos; atender telefone; realizar serviços reprográficos; receber e expedir documentos, entre outros.

Quais as vantagens de participar do programa de jovem aprendiz dos Correios?

Os programas de jovem aprendiz visam treinar pessoas que ainda não estão no mercado de trabalho dando condições teórico-práticas para que elas realizem algum tipo de atividade. No caso do programa dos Correios, o jovem irá aprender mais sobre a função de auxiliar administrativo.

Através do programa, além de ter a formação teórica gratuita disponibilizada pelo Senai, o estudante sairá com um ano de experiência prática. Este período poderá ser usado em currículo para que sirva como experiência, ajudando na hora de pleitear uma vaga e concorrer com outros candidatos.

Vale ressaltar que, durante um ano, o jovem aprendiz dos Correios conta com vale-transporte, vale-alimentação e bolsa-auxílio, para que possa chegar ao local com tranquilidade e ainda tenha renda. Como são apenas 20 horas de atividades por semana, o horário de estudo na escola não será prejudicado.

Mais informações podem ser encontradas no mesmo link da inscrição.

Por Milena Godoy



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *