Vagas para Desenvolvedor Mobile – Atribuições, Detalhes do Cargo





Saiba o que faz um Desenvolvedor Mobile e como encontrar vagas de emprego para este cargo.

Escolher uma profissão pode ser uma tarefa muito desafiadora, principalmente para os jovens que se encontram no período de ensino médio e precisam tomar uma decisão antes de enfrentar o tão temido vestibular. Com o avanço da internet e de outras tecnologias mais avançadas, novas oportunidades de carreira vêm surgindo e agradando cada vez mais os jovens.

Uma dessas novas opções é a carreira de Desenvolvedor Mobile. O nome pode parecer algo diferente, mas em termos leigos seria a pessoa que desenvolve aplicativos para celular, tablet, notebooks ou pcs, para plataformas Android ou iOS.




Parece algo bem legal, não é mesmo? Neste artigo explicaremos de uma forma geral como é o trabalho de um desenvolvedor e quais as oportunidades relacionadas ao cargo.

O começo de um Desenvolvedor Mobile

Antes de sair criando jogos e aplicativos no mundo da internet, o profissional precisa saber ler e entender códigos um tanto quanto complicados. Ao pensar nesse outro mundo, basta comparar com qualquer atividade do nosso próprio cotidiano. Os softwares precisam seguir uma linha de raciocínio lógico, através de pequenos passos, que são dados por diferentes algoritmos. Tudo para chegar em um ponto específico, atender uma necessidade.


Para estruturar qualquer tipo de software é necessário aprender sobre a lógica da programação, como, por exemplo, compreender e escrever algoritmos, operações aritméticas, estruturas de repetição. Esses são alguns conceitos que estão na base de criação de aplicativos.

Mas com o foco na criação de aplicativos para plataformas mobile, é possível afunilar o nível de conhecimento em programação. As linguagens mais utilizadas por programadores estão relacionadas ao paradigma de orientação de objetos. Basicamente o desenvolvedor consegue criar usando códigos menores, e consequentemente mais organizados, com algumas lógicas relacionadas ao negócio em si.

É preciso lembrar que este profissional será responsável por todo o projeto e desenvolvimento, desde o estudo das necessidades específicas de cada cliente, planejamento de todo e qualquer recurso dentro do próprio aplicativo, desenvolvimento e criação de toda a estrutura, além de realizar toda a configuração do futuro aplicativo e os primeiros testes de funcionalidade.

Detalhes sobre o desenvolvedor mobile

Em relação à vida profissional do desenvolvedor mobile, uma pesquisa atual da Umbler, revelou que de todas as oportunidades de emprego relacionadas a programação, cerca de 10% está disponível diretamente para os profissionais Desenvolvedores Mobile.

É uma carreira promissora, afinal, entre 9 a cada 10 brasileiros são donos de um aparelho celular, e a maioria ainda prefere navegar pelo celular a navegar pelo computador. Esses são os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad).

Outras pesquisas base mostram que um desenvolvedor mobile no nível estagiário pode ganhar entre R$ 1.000 e R$ 2.000. Entre as vagas para desenvolvedores nível júnior e pleno pode chegar entrar em uma variação de R$ 2.500 e R$ 7.500. Os últimos níveis do ranking, gerente ou líder de desenvolvimento, podem desembolsar mensalmente até R$ 12.000.

Um desenvolvedor mobile pode ainda trabalhar em grandes empresas nacionais ou até mesmo internacionais. Grandes multinacionais tendem a abrir vagas para essas novas oportunidades, criando um novo nicho de mercado.

Perfil de um desenvolvedor mobile

Como já explicado, um profissional para desenvolver aplicativos necessita de um conhecimento vasto no campo de programação, mas agora vamos tentam focar de maneira mais específica nas características necessárias para este profissional.

Cada sistema operacional exige um conhecimento diferente. No caso do Android pode incluir aos estudos, Java, Android Studio, Volley, Unity 3D, ASP.NET, entre outros. Já para o sistema operacional iOS, Material Design, Swift, Obejective-C e outros.

Para o perfil pessoal do estudante e futuro profissional, é necessário de forma básica: Uma boa capacidade de organização, boa lógica em programação, alta capacidade em resolução de problemas, ser comunicativo, saber lidar com metas e prazos, e também, ter uma capacidade analítica e raciocínio lógico.

Você se encaixa no perfil? Que tal mudar de carreira agora mesmo?

Por Stephanie de Quadros

Desenvolvedor mobile



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *