Vagas de Emprego no Mercado Livre – 2019-2020





Mercado Livre oferta 500 vagas de emprego para atuação no início de 2020.

A maior empresa de e-commerce da América Latina abriu 500 vagas de emprego. Essa demanda surgiu por conta da nova instalação, que está passando pelos últimos ajustes, em Gravataí. Segundo a empresa, a previsão de inicio para as atividades é para o início de 2020.

A contratação está sendo feita pela Agência Primer RH, que oferece o seu site para submissão de currículos, e o escritório presencial, localizado na rua Anápio Gomes, 1471, sala 203.




O Mercado Livre pretende começar as atividades no começo do ano, então a Primer RH, a fim de agilizar as coisas, começa as avaliações e chamadas para entrevistas no começo do mês que vem, em dezembro. A intenção de abrir esse novo centro de distribuição é aumentar a receita em 50% no próximo ano.

A corporação não exige nenhum requisito, além do ensino médio completo. Portanto, qualquer um que tiver terminado o colegial pode submeter os currículos para avaliação. Significa, também, que mesmo sem um curso superior completo ou curso técnico, é possível garantir a vaga. A empresa também não exige experiência prévia em outros pontos de trabalho, mas é uma consideração por parte da empresa.


Os serviços prestados serão os de logística. Dessa área de trabalho fazem parte serviços como recebimento, transporte, classificação e armazenamento. A corporação ainda esclarece sobre os horários de funcionamento. Serão duas jornadas, das 6h às 14h, esses específicos para quem mora em Gravataí, por causa do transporte, e das 14h às 22h, esse horário para profissionais que não moram no município.

O Mercado Livre ainda abriu mais 800 vagas de serviço temporário para trabalhar em outros dois polos, no estado de São Paulo, em Cajamar e Louveira. O foco das duas unidades é trabalhar com fulfillment, ou atendimento de pedidos na área de equipamentos eletrônicos.

Sobre a empresa

O Mercado Livre é uma empresa de vendas online argentina fundada em 1999. A corporação oferece em sua plataforma a possibilidade de vender, comprar, anunciar, pagar e enviar mercadorias através da internet. Atualmente, o Mercado Livre conta com mais de 4 mil funcionários, trabalhando em 19 países, entre eles Argentina, Brasil, Chile, Bolívia, Costa Rica, Equador, Colômbia, Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, México, Paraguai, Panamá, Peru, Venezuela, Uruguai e República Dominicana. Atualmente, o Mercado Livre é a plataforma de comércio online mais popular da América Latina, com mais de 174,2 milhões de usuários.

A empresa começou a oferecer seus serviços de compra e venda em março de 1999, com um portal feito na Argentina. O Brasil foi segundo da lista, que teve seu portal inaugurado em outubro do mesmo ano. A partir daí, a empresa passou a se expandir com uma média de inauguração de um país por mês, com México, Uruguai, Colômbia, Venezuela, Chile, Equador, Peru, Costa Rica, República Dominicana e Panamá, nesta sequência.

No ano de 2001, o Mercado Livre fechou uma parceria exclusiva com a empresa de vendas online e-Bay, a maior empresa do mundo nesse segmento. Nesse ano, o e-Bay se tornou um dos principais acionistas da companhia argentina, e um dos principais fornecedores de métodos e recursos, no que diz respeito a cursos e estratégias para a empresa da América Latina.

No ano de 2002, o Mercado Livre se apossou de algumas ações da empresa Lokau.com e incorporou todos os usuários do site na plataforma. A Lokau era uma empresa brasileira que concorria com o Mercado Livre nesse aspecto. No ano de 2005, foi a vez do sistema de vendas online argentino DeRemate.com. Nesse ano, o Mercado Livre garantiu algumas operações da empresa em todos os seus polos, a incluir Brasil, Colômbia, Peru, Equador, Venezuela, Uruguai e México. A última jogada da empresa foi a criação da MercadoLivre Envios, serviço da empresa relacionado à administração de envios.

Por Davi Soares

Empregos Mercado Livre



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *