Dicas para montar um currículo e conquistar o primeiro emprego ou recolocação



Seja um experiente trabalhador com longos anos de carreira ou um jovem profissional que recém saiu da faculdade, há algo que ambos precisam ter em mãos quando o assunto é conquistar uma vaga de emprego: o currículo.

O currículo é, na maioria das vezes, a porta de entrada para a empresa que se tanto almeja trabalhar. Por meio dele é possível reunir as principais informações sobre as experiências profissionais, histórico acadêmico, títulos e premiações e, claro, os números e endereços para que a equipe de recrutamento e seleção entre em contato.



Se a pessoa está disposta a buscar uma nova oportunidade profissional, é preciso aproveitar para anotar as valiosas dicas para montar um currículo e conquistar o primeiro emprego ou recolocação no mercado de trabalho sugeridas a seguir.

Direto ao ponto

Um bom currículo profissional precisa ser objetivo. Esse, inclusive, precisa ser um campo de destaque no documento para que os Recursos Humanos compreendam em poucos segundos qual é o cargo de interesse. Por isso, logo abaixo do nome, números e endereços para contato, vale especificar em um campo chamado “Objetivo” qual vaga e/ou o setor está se candidatando.



Na ponta da língua

Por mais simples que seja o currículo, é preciso estar com o português em dia. É necessário tomar cuidado com erros de gramática, vícios de linguagem ou abreviações utilizadas na internet. Ao possuir dúvidas, deve-se consultar um dicionário ou portais eletrônicos. Alguns softwares atuais ainda apontam para a grafia errada das palavras e podem auxiliar nesse momento.

Verdade seja dita

Não se deve mentir ou inventar informações falsas em nenhuma circunstância. É um grande erro imaginar que acrescentar “cargos fantasmas” ou “títulos inexistentes” no currículo possa garantir a vaga de emprego.

Leia também:  Trabalhe Conosco Ipiranga - Como Encontrar Vagas e Enviar o Currículo

Em determinado momento, a verdade pode vir à tona. Os recrutadores podem investigar se a pessoa realmente trabalhou onde indicou ou consultar as graduações que se formou e, se tudo não passar de uma mentira, o indivíduo vai ser dispensado na primeira oportunidade.

Correio eletrônico

Anos atrás só era possível entregar o currículo para uma empresa por meio da via impressa, no próprio local de trabalho. Hoje, no entanto, há outras maneiras de se candidatar a uma vaga de emprego e uma delas é através do correio eletrônico.

Sim, é possível enviar o currículo por e-mail. Muitas organizações e agências de emprego, inclusive, adotaram essa prática como sua principal fonte de seleção. O documento é o mesmo do redigido para impressão, contudo, ao enviar por e-mail o mais indicado é anexar o documento na mensagem.

No campo “Assunto” do e-mail, deve-se escrever o nome da vaga para a qual está se candidatando – ou inserir o código, quando informado pelas agências de emprego. Por fim, vale escrever algumas palavras de comprimento e agradecer pela oportunidade oferecida.

Além do currículo

Alguns profissionais somam em suas atividades trabalhos gráficos, visuais ou textuais que podem servir como uma amostra das competências e habilidades. Nesse caso, além do currículo é possível reunir esses trabalhos em um portfólio profissional.

No portfólio, o profissional pode apresentar projetos de design, protótipos de produtos, ensaios fotográficos, peças publicitárias, redações jornalísticas, entre outros artigos de destaque que valem a pena ser exibidos para os recrutadores.

O portfólio pode ser físico ou impresso, digital como um arquivo de PDF e apresentação de slides, ou ainda online, registrado em um site ou rede social. Se for um profissional criativo, pode-se escolher qual é o melhor modelo para o perfil ou profissão e criar o próprio portfólio.

Leia também:  Trabalhe Conosco Siemens - Como Encontrar Vagas e Enviar o Currículo

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *