Programa de Trainee Magalu 2021 só para negros – como se inscrever?



Novo programas de estágio e trainee estão abrindo nesse segundo semestre de 2020. Há poucos dias foi iniciado um processo de recrutamento diferenciado, o Programa de Trainee Magalu, edição de 2021 direcionado apenas aos cidadãos afrodescendentes.

Esta ideia, segundo seus idealizadores, vem a fortalecer programas de inclusão e respeito à diversidade. Os gestores da organização Magazine Luiza decidiram, assim, dar curso ao novo programa voltado aos cidadãos negros. Esse projeto tem por meta dar um retorno aos mais recentes problemas sociais que ocorreram, envolvendo situações de racismo, nos EUA, e que gerou uma onda de revoltas por quase todo o mundo. Assim, de modo a prestar um serviço a mais para a parcela da população afrodescendente, este recrutamento vai contratar estudantes negros universitários, recém-formados, de todas as regiões do território nacional.



De acordo com os responsáveis pelo setor de RH da empresa varejista, seu atual quadro de colaboradores conta com 53% de funcionários pretos e pardos, entretanto, somente16% desses profissionais exercem cargos de liderança. É claro que os gestores da organização não estão fazendo distinção de raças, cores, mas, este é um processo de seleção especial.

Os especialistas em RH explicam que é importante ser um pouco mais sensível com uma parcela da população, cidadãos negros, dado que se trata de uma preocupação global. Além disso, por se tratar de uma companhia privada, os mesmos têm o direito de contratar quem queiram. De acordo com estatísticas mais recentes, estudos acadêmicos rigorosamente empreendidos e pesquisa de campo, as grandes empresas lucram muito mais quando o quadro de funcionários é mais diversificado. Portanto, dentro desse critério de seleção, e considerando que o Brasil é um dos países onde há maior índice de miscigenação, nada melhor que esses programas diferenciados de estágio ou trainees.

Leia também:  Programa Jovens Engenheiros Eternit 2013


Pesquisadores da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas também explicam que, de fato, existe muito preconceito nos processos seletivos e nas contratações. Por essa razão, é mais que necessário haver mais equilíbrio e justiça nos recrutamentos, de modo a favorecer mais eficientemente ao crescimento profissional dos jovens contratados.

O representante dessas pesquisas explicou que não se trata de estabelecer mais desigualdades, mas, segundo ele, promover ações afirmativas que são, por natureza, temporárias, no sentido de fazer reduzir as desigualdades históricas, enquanto houver a tendência à exclusão.

Sobre os procedimentos de cadastro de inscrição, seguem as informações:

Todas as pessoas interessadas em participar desse recrutamento, para vagas no programa de trainee do Magalu, precisam ser afrodescendentes e necessitam estar cursando ensino superior, com graduação entre o mês de dezembro de 2017 e o mês de dezembro 2020. Não é necessário apresentar domínio na língua inglesa ou possuir experiência profissional.

Este processo de seleção se dará em seis fases: inicia com os testes online; segue com a gravação de um vídeo de apresentação profissional e prossegue com as entrevistas junto aos representantes do departamento de recursos humanos.

Todos os futuros candidatos, que respeitarem todas as normas do processo de recrutamento, serão encaminhados para entrevista junto aos diretores de área, e junto aos representantes da diretoria executiva. Todos os finalistas deverão participar de um diálogo com o presidente da organização. Este mesmo programa de trainees, edição de 2021, foi elaborado e promovido por meio de parceria com os seguintes órgãos de consultorias: o instituto Indique Uma Preta e Goldenberg; o Instituto Identidades do Brasil; a Faculdade Zumbi dos Palmares e o chamado Comitê para Igualdade Racial de Mulheres do Brasil.

Leia também:  Grupo Libra recebe inscrições para Trainees

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *