Afterverse oferece Vagas de Emprego na área de Games 2022


Confira aqui mais detalhes sobre as vagas de emprego abertas pela Afterverse neste início de 2022.

Na última terça-feira (11), o Afterverse, um estúdio de games do ecossistema Movile, anunciou novas vagas de emprego disponíveis. O foco da contratação são pessoas trans que devem ter experiência nas áreas de gestão de comunidade, controle de qualidade, criação e experiência do consumidor. Entretanto, vale ressaltar que os requisitos variam de acordo com a vaga pretendida.


É possível afirmar que o Afterverse é um estúdio novo, surgido ainda em 2020. Desde o momento da sua inauguração ele tem anunciado com constância vagas de trabalho destinadas às pessoas transgênero. Esse tipo de inciativa pode ser interpretado como um desdobramento natural de um dos pontos chave da cultura organizacional da empresa: a inclusão e a diversidade entre os seus colaboradores.


O Afterverse é o criador do jogo PK XD, que se tornou um sucesso rapidamente. Atualmente, ele chegou à marca de 50 milhões de usuários ativos mensalmente. Logo, a equipe responsável pela criação está em busca de um ambiente acolhedor nos corredores da empresa, da mesma forma que os usuários do game encontram no jogo, que possui diversos universos interativos e, portanto, chega a derrubar as barreiras sociais, físicas e culturais. Além disso, uma prioridade para o Afteverse no PK XD é a promoção do fair play e da segurança dos jogadores.


Portanto, quando se fala sobre as ações afirmativas da empresa de games, é válido ressaltar que elas vão muito além da abertura constante de vagas exclusivas para pessoas trans. Em geral, essas posições mais específicas coincidem com o Mês da Visibilidade Trans, mas o acolhimento é uma ideia mantida pela empresa ao longo de todo o ano e também quando fala sobre o processo de imersão da cultura da Afterverse, que tem como o seu principal valor a ideia de tratar com respeito todas as pessoas, o que é expresso através da frase “embrace all players”.


De acordo com Charlotte Garcia, a Customer Experience e uma das colaboradoras do Afterverse, a cultura da empresa leva as suas iniciativas bastante a sério. Charlotte chegou até a empresa exatamente por meio de uma vaga afirmativa que descobriu em um site de carreiras voltado para oportunidades de trabalho para pessoas trans. Assim, enquanto travesti, se sentiu interessada e percebeu que não se tratava apenas de um discurso, mas de algo que acontece na prática.

Segundo o relato de Charlotte Garcia, essa percepção veio ainda na primeira reunião que teve com o restante da equipe da empresa. Para ela, a Afterverse é um espaço que se alinha com os seus valores pessoais e o seu time é bastante diverso. Portanto, ela não representa a única minoria dele e está na empresa para compor uma gama diversa de pessoas com identidades de gênero variadas.

Além disso, outro aspecto que merece destaque na fala de Charlotte Garcia e o fato de que ela chegou a ficar contente com os benefícios especiais que foram oferecidos durante a sua contratação, visto que a Afterverse oferecia uma ajuda de custo para as pessoas trans que ainda estavam passando pelo processo de adequação de gênero. O mesmo pacote é aplicado às pessoas com deficiência que ocupam os corredores da empresa. De acordo com Garcia, esse tipo de iniciativa fez com que ela se sentisse mais confortável.

O motivo para este sentimento está ligado ao fato de que ela acabou percebendo que a Afterverse não só está disposta a colocar as pessoas trans no mercado de trabalho como também está disposta a participar e a levantar debates sobre trasgenereidade e diversidade. Logo, o acolhimento é uma parte importante deste processo, assim como a compreensão das particularidades destes indivíduos de forma mais ampla e geral.

Caso você esteja interessado em se inscrever, as vagas estão disponíveis no site oficial da empresa.


Amanda Guimarães Faria


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.