Crossover vai contratar 50 Engenheiros de Software brasileiros para atuarem na empresa.

Por meio de um processo seletivo bastante dinâmico e interativo a Crossover, empresa norte-americana de RH e tecnologia com sede na cidade de Austin, Texas, pretende contratar 50 engenheiros de software brasileiros para ingressar na companhia. Confira mais detalhes sobre esta oportunidade na continuação desta matéria.

O processo seletivo da Crossover consistirá numa competição de codificação em São Paulo. A competição será realizada no dia 29 de julho e os inscritos terão a chance de serem contratados para ocupar o cargo de engenheiro de software sênior com trabalho remoto. Um dos principais destaques é, sem sombra de dúvidas, a remuneração dos futuros contratados: US$ 100.000 por ano. Isso gira em torno de R$ 321 mil por ano, o que equivale a algo próximo de R$ 26.000,00 por mês.

Os candidatos interessados em participar deste processo seletivo deverão ter larga experiência em Java Script. Para confirmar sua participação é bem simples, acesse o site oficial do torneio clicando AQUI (www.eventbrite.com/e/javascript-chief-architect-hiring-tournament-100kyr-sao-paulo-tickets-35783240636) e efetue sua inscrição.

Outro detalhe interessante é que a Crossover vem investindo bastante neste tipo de seleção. A empresa já vem organizando esse tipo de competição há seis meses em países da África do Norte, Ásia Ocidental e Europa Oriental. O “torneio de contratação” do dia 29 de julho, em São Paulo, será a primeira participação na América do Sul.

A seleção dos futuros contratados é bem interessante e muito interativa. A busca é, principalmente, por profissionais seniores, com destaque para os engenheiros de software. Dessa forma, os mesmos se reúnem e são submetidos a testes básicos, desafios de codificação além de uma entrevista técnica individual com o candidato. Os candidatos com bons resultados no final da competição recebem proposta de trabalho remoto em grandes empresas americanas como, por exemplo, Jive, Aurea Software, CrazyEgg e Versata.

Outro detalhe é a flexibilidade que os cargos oferecidos dispõem. Com período integral e de longa duração, os futuros contratados deverão ter carga horária de 40 horas semanais. O interessante é que o mesmo poderá planejar sua rotina de trabalho da maneira que achar conveniente. Além disso, dado que todas as oportunidades são de trabalho remoto, os engenheiros selecionados não precisarão se deslocar para outra cidade ou país.

Por Bruno Henrique


Jovens engenheiros podem concorrer a vagas de trainee abertas na empresa VLI.

Esta é uma oportunidade destinada aos Engenheiros interessados em seguir carreira em uma grande companhia. A VLI, especializada em operações logísticas de integração entre ferrovias, portos e demais terminais, está com inscrições abertas para seu Programa de Trainee. A empresa busca jovens engenheiros com graduação entre dezembro de 2012 e dezembro de 2015. Podem participar engenheiros de todas as áreas que tenham conhecimentos em inglês, informática e possibilidade de mudar de residência.

O programa:

O diferencial do programa é a capacitação dos jovens. Eles começam com a trajetória de sucesso na empresa se matriculando em um curso de pós-graduação e ao longo do tempo passam por capacitações e treinamentos. Além dele, há um programa interno chamado de Mochilão VLI em que os jovens fazem um roteiro de visitas há algumas das unidades de operações em diferentes cidades.

São 12 meses e ao fim do processo os trainees poderão ser efetivados. Após esta efetivação, os profissionais passam pelo processo de pós-trainee, com a proposta é dar continuidade ao desenvolvimento do profissional. Ele receberá a capacitação e treinamentos para vencer os desafios da companhia, bem como sua integração à cultura VLI.

A empresa oferece salários compatíveis com o mercado e benefícios como participação no lucro, vale-refeição/alimentação, assistência médica e dentária, previdência privada e seguro de vida.

Seleção:

Os jovens selecionados irão atuar nas áreas de projetos, planejamento, manutenção, operações portuárias, operações ferroviárias, entre outras. Os candidatos podem ter se formados nos cursos de Engenharias Eletrônica, Elétrica, Civil, Produção, Telecomunicações, Mecânica, Processos, Minas, Transporte, Mecatrônica, Metalúrgica, Materiais, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Controle e Automação, Energia, Química, Ambiental, Naval e Ferroviária.

A seleção se dará por meio de testes online, dinâmicas de grupo, entrevistas com gestores e encontro com diretores. Na edição passada, foram mais de 26 mil inscritos no programa.

Inscrições:

Interessados podem se inscrever pela internet, preenchendo o formulário disponível no site www.vli-logistica.com

Por Ana Rosa Martins Rocha





CONTINUE NAVEGANDO: