E possível superar seus erros e transformá-los em sucesso. Para isso, algumas dicas são importantes.

Existe um lado positivo para tudo, inclusive nos erros e fracassos. Muitos profissionais almejam o sucesso, mas é preciso aprender com os erros e aproveitar para tirar boas lições de vida e aprendizagem. A maneira como você encara o fracasso faz toda a diferença para a sua vida. Que tal aprender a transformar os seus erros em sucesso?

– Faça questionamentos para si mesmo

Você tem o hábito de se questionar? Quando não consegue atingir um objetivo, larga de lado ou faz uma reflexão? Tente entender porque não deu certo, ou seja, por qual motivo o objetivo não foi alcançado. Reflita como você pode aprender com a situação, o que ala significa e o que você pode fazer por agora. A finalidade é encontrar a raiz do problema, para que a situação não ocorra novamente.

– É hora de recomeçar:

Não é fácil lidar com os erros, mas isso é preciso. A vida não é só feita de vitórias, e os erros servem como aprendizados. Portanto, foque no recomeço e por mais que você não tenha alcançado o que planejou você continua tendo excelentes habilidades. Este erro pode ser a oportunidade para você mudar e encontrar um objetivo novo. Já pensou por este lado?

– Inspire-se e sirva de exemplo para as outras pessoas:

Você aprendeu com os erros? Que tal passar as lições para frente? Passe a experiência para outras pessoas, desta forma você vai ter a oportunidade de compartilhar informações e conhecimentos. Além disso, é possível estabelecer e criar novas chances profissionais. Desta forma, você inspira e serve de exemplo para as pessoas ao seu redor.

– Veja o lado positivo!

Toda experiência traz consigo um lado positivo e negativo. Foque no positivo e use o potencial que você possui para transformar a situação de maneira que possa produzir frutos. Essa é uma boa opção para vencer o fracasso e seguir em frente com toda a sua coragem. 

Por Babi


Algumas informações são extremamente desnecessárias de se mencionar no currículo. Elas podem fazer com que seu currículo seja rejeitado em uma triagem para processo seletivo.

O currículo é a principal carta de apresentação do candidato, considerado a sua propaganda pessoal. Um bom currículo pode fazer com que você seja o selecionado entre muitos outros candidatos.

Mas existem alguns fatores que devem ser evitados na hora de elaborar seu currículo,  algumas informações extras que só farão com que o seu currículo fique com a aparência visualmente carregada e, consequentemente, que seu currículo seja rejeitado, mesmo contendo informações importantes sobre você.

– Documentos: Números de CPF, identidade e outros são dispensáveis. Deixe para fornecer essas informações quando for contratado pela empresa.

– Foto: Somente se a empresa exigir currículo  com foto forneça essa informação. Caso seja necessário, prefira fotos mais sérias, nada de fotos de redes sociais ou muito descontraídas. Isso pode trazer uma imagem diferente da que você quer passar à empresa.

– Redes sociais: Somente se o empregador pedir, forneça essa informação. Atualmente algumas empresas já pedem esse tipo de informação, como uma forma de verificar o perfil do candidato. Mas caso a empresa a que está se candidatando não peça essa informação, não a coloque no currículo. É extremamente desnecessário.

– Cursos fora da área pretendida: Fez um curso de mandarim? Excelente! Mas não é necessário citar todos os pequenos cursos que já fez na vida. Concentre-se nos que vão fornecer algum tipo de benefício para a empresa.

– Excesso de informações pessoais: Não é por que o currículo é uma forma de marketing pessoal que exageros são permitidos. Um currículo que só dá atenção para qualidades pessoais pode deixar passar detalhes técnicos muito importantes, que podem ser diferenciais na hora da entrevista. Cite suas qualidades pessoais, mas sem exagero.

– E acima de tudo: Jamais minta! A mentira é um dos piores defeitos em um currículo, e uma simples dinâmica de grupo pode desmascará-la. Ninguém quer ser eliminado de um processo seletivo por faltar com a verdade, não é mesmo?

Esses cuidados, aliados com informações claras, são a receita para um bom currículo profissional.

Por Patrícia Generoso





CONTINUE NAVEGANDO: