A Ypê, empresa de grande porte, fabricante de produtos químicos de limpeza em geral, com sede localizada na cidade de Amparo, interior de São Paulo, está com um processo seletivo em aberto visando a contratação efetiva de um número total de 40 vagas de emprego, nas quais estão abertas para pessoas portadoras de deficiência. As oportunidades são destinadas ao cargo de assistente administrativo.

Para poder participar do processo seletivo, todos os candidatos devem possuir o ensino médio completo, idade mínima acima de 18 anos, disponibilidade total de horários para trabalhar em períodos flexíveis e ter conhecimentos em linha de processo de produção. As inscrições vão até o dia 9 de fevereiro, e devem serem realizadas exclusivamente através do site da empresa, no endereço eletrônico: http://www.ype.ind.br/rh/ ou ligando diretamente no telefone (19) 3808-8551.

Além de remuneração fixa e mensal, a fábrica oferece como benefícios adicionais, os seguintes recursos: refeição no local de trabalho, convênio médico, convênio odontológico, convênio com descontos em farmácia, participação nos lucros e nos resultados da empresa e cesta de produtos. O salário a ser oferecido a cada convocado, será definido separadamente, mediate à carga horária de trabalho a ser cumprida.

Para pessoas que residam perto da cidade de Amparo, será oferecido a opção de vale transporte e ônibus fretado. O processo de seleção envolve triagem de currículos, entrevista por telefone e entrevista pessoal com gestores da empresa para contratação. Não é necessário possuir experiência anterior na função.

A Ypê é uma marca líder em produtos de limpeza em geral e está atuando no mercado há mais de 50 anos no Brasil, oferecendo o que há de melhor qualidade. Além de exportar seus produtos para mais de 20 países da América Latina, a empresa atua no desenvolvimento de programas sustentáveis para a melhoria do meio ambiente e da natureza, produzindo produtos menos evasivos e  tóxicos.

Outras informações da empresa estão presentes no mesmo site de inscrição.

Por Daniela Almeida da Silva





CONTINUE NAVEGANDO: