A mão de obra brasileira é drasticamente criticada pelos próprios empresários. A construção civil, por exemplo, sofre com a falta de profissionais qualificados, não porque eles não existem, mas sim em função do número insuficiente de trabalhadores para suprir o novo cenário do segmento no…



CONTINUE NAVEGANDO: