É natural do ser humano, ainda que, dotado de inteligência e capacidade de raciocínio não conseguir ser bom em todas as coisas que realiza. Ao termos esse discernimento de que somos detentores de qualidades e defeitos e trabalhamos para minimizar esses defeitos e otimizar essas qualidades, evoluímos muito como pessoas e profissionais.

Esse tipo de raciocínio deve nos acompanhar em todas as etapas de nossas vidas. Principalmente quando se tratar do ambiente empresarial, onde a relação líder e liderado é focada para resultados. E por mais que tenhamos noção dos nossos pontos fortes e fracos, em hipótese alguma devemos descartar os feedbacks.

O feedback proporciona aprendizado e aumenta as possibilidades de tornar reais nossas expectativas. Pois, ao recebermos um feedback passamos a nos perceber sob um novo olhar, o do outro. E com isso podemos melhorar ou corrigir certos comportamentos que venham favorecer em nosso desempenho.

Há três tipos de feedbacks:

1 – Feedback Construtivo: acontece quando o comportamento do indivíduo vai de encontro à necessidade de quem a recepciona;

2 – Feedback Positivo: acontece quando o comportamento do indivíduo se enquadra no perfil desejado;

3 – Feedback Negativo: acontece quando o comportamento do indivíduo não obedece a determinado padrão.

Obviamente, ninguém gosta de ser chamado à atenção. Portanto, para não parecer constrangedor e grosseiro é preciso certa sensibilidade por parte da pessoa que transmite o feedback. Respeito e educação devem proceder a essa conversa. Para que, haja reciprocidade e compreensão no que está sendo transmitido. A comunicação deve ser clara e objetiva, retratando de forma específica um comportamento indesejado que possa de fato ser corrigido pelo receptor.

É importante atentar também para as seguintes variáveis:

1 – Ambiente neutro: diminui a tensão;

2 – Destaque as qualidades de quem ouve antes de cobrar algo: isso ajuda a quebrar resistência;

3 – Ouça com atenção a outra pessoa: finalize a conversa reforçando o que foi discutido e sugerindo uma mudança condizente ao desejado.  

Por Kesianne Ferreira

Fonte: Administradores





CONTINUE NAVEGANDO: