A carência de serviços básicos é uma das principais características do povo brasileiro, mas também um nicho de mercado em expansão. Na área de saúde e educação, projetos do terceiro setor estão constantemente com vagas abertas.

O site do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (www.gife.org.br) mantém dezenas de oportunidades para quem tem preocupações sociais como projeto de vida.

Assistente de serviço social, educador social, coordenador de pedagogia, professor de ballet, recepcionista, psicólogo, psiquiatra infantil, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, dentre outros, são os trabalhadores que podem encontrar empregos nas iniciativas de ONGs e fundações. Há também vagas para estagiários.

A maior parte das oportunidades está na grande São Paulo, mas encontram-se alternativas em demais Estados.

Clique aqui e confira as diversas oportunidades disponíveis para trabalho na área social.

Por Karina Gonçalves


A ONG Mais Cultura, que tem dois pólos abertos no Rio de Janeiro (Belford Roxo e Heliópolis) acaba de abrir 2 mil vagas para seu Programa de Qualificação Profissional.

Há 400 vagas para a área de Petróleo e Gás, 400 em Segurança do Trabalho, 200 para Auxiliar Administrativo, 200 em Enfermagem Básica, 200 para Cuidador de Idosos, 200 para curso de Inglês e mais 200 para aprender Espanhol.

Ao final do curso os alunos recebem certificado gratuito e passam por rigoroso processo seletivo para serem encaminhados ao mercado de trabalho que tem parceria com a ONG.

Para se inscrever é dispensável qualquer grau de instrução, ma há taxa de matrícula de R$20,00.

Mais informações no site: www.maisculturabrasil.org

Por: Karina Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: