Advogados trabalhistas afirmam que relacionamento amoroso no ambiente de trabalho não pode ser motivo de demissões. Caso exista um relacionamento afetivo no trabalho, não é motivo de preocupação, uma vez que isso não caracteriza ato grave para que ocorra demissão do funcionário. Porém, não pode…



CONTINUE NAVEGANDO: